Lançamento do livro

SÃO GABRIEL: TERRA DOS ARCANJOS


Em três eventos ocorridos no mês de fevereiro, os escritores gabrielenses João Purcino Pereira e Leonellea Pereira, pai e filha, lançaram a segunda edição do livro Terra dos Arcanjos - Historiografia da cidade de São Gabriel - BA, pela Editora Print Fox. Esta é uma realização do Ministério da Cultura e da Fundação Nacional de Artes - FUNARTE, através de dois projetos em que o livro em epígrafe foi contemplado na seleção de editais: Programa Mais Cultura - Microprojetos Rio São Francisco e Prêmio Agente Jovem de Cultura, da Secretaria de Cidadania e Diversidade Cultural do MINC.

Um livro desta natureza demanda uma atenção redobrada, pela infinidade de nomes de pessoas, datas e lugares que foram resgatadas da memória da comunidade. Trabalhar com a oralidade é prazeroso e também difícil, pois a memória humana é falível, e portanto a escrita também o será. Desta forma, nestes quase três anos após o lançamento da 1ª edição de Terra dos Arcanjos, fomos percebendo a necessidade de realizar correções e acréscimos, atividade que foi feita com o auxílio de muitos leitores atentos que nos alertaram sobre alguma informação equivocada ou omitida em alguma passagem do texto. Então, humildemente, corrigimos alguns detalhes e acrescentamos novos itens da história do povo de São Gabriel a nossas páginas.

Em 14 de maio de 2010, lançamos a primeira edição deste trabalho, que foi para nós um ponto de partida. O livro ganhou visibilidade notória em todos os municípios do Território de Irecê, como também em outros municípios da Bahia e de outros estados da federação. A prova disso é que, em apenas 06 meses, a tiragem de 1.000 exemplares foi esgotada, e o material passou a ser amplamente utilizado nas escolas municipais para trabalhar a história local, principalmente com alunos do Ensino Fundamental (1º ao 9º ano). Exemplares foram doados para escolas, bibliotecas, ONGs e universidades dos 20 municípios do Território de Irecê, além da Fundação Pedro Calmon, em Salvador, que recebeu 100 exemplares para disseminação do trabalho em outras cidades do Estado da Bahia. Também foram doadas algumas unidades às bibliotecas da Universidade do Estado da Bahia – UNEB, Universidade Estadual de Feira de Santana – UEFS, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG e Universidade Estadual da Paraíba – UEPB, o que nos deu de presente o fato de que muitos estudantes utilizaram nossa obra em pesquisas acadêmicas dos níveis de graduação e mestrado, especialmente nas áreas de Pedagogia, Letras, História e Turismo. Além de valorizar a publicação já realizada, estas publicações enaltecem o nome da cidade e do povo de São Gabriel nas discussões realizadas nas universidades.

Foi visível a satisfação da comunidade com a publicação deste livro, em especial das pessoas mais idosas, pois viram histórias que estavam por se perder na memória do povo materializadas em um livro que está hoje acessível a pessoas de todas as idades. A receptividade que a comunidade gabrielense e regional ofereceu a este livro foi por demais gratificante para nós.

O lançamento da 2ª edição deste livro aconteceu em três eventos. No dia 22 de fevereiro, estivemos na cidade de Uibaí, que é a nossa terra mãe, pois de lá vieram os primeiros moradores da nossa cidade. Fomos recebidos com muita festa no Grêmio Cultural A Voz do Povo, entidade que tem contribuído de forma significativa para o desenvolvimento das atividades culturais desta cidade. Em 23 de fevereiro, realizamos o evento em nossa terra natal São Gabriel, onde novamente foi celebrado o lançamento deste livro ao lado dos nossos queridos conterrâneos. O evento, inclusive, fez parte da programação do aniversário de 28 anos de emancipação política de São Gabriel. No dia 28 de fevereiro, no auditório do Sindicato dos Bancários em Irecê foi realizado o terceiro lançamento desta temporada. Mais uma vez, uma linda festa, amigos e leitores ireceenses prestigiaram esta conquista conosco de forma muito calorosa e hospitaleira.

 

SOBRE OS AUTORES

João Purcino Pereira nasceu em São Gabriel em 05/04/1959. É filho de Purcino Jonas Pereira e Floripes Pereira de Miranda, e casado com Elizete Bispo Pereira com quem tem duas filhas: Leonellea e Luanda. Formou-se em Magistério na CNEC (1981), onde também foi professor por quatro anos. Foi Vereador por quatro mandatos consecutivos (1988 a 2004). É Coordenador do Programa Todos Pela Alfabetização – TOPA através do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São Gabriel e é servidor público do Município de Irecê, onde atua como Agente de Controle de Endemias.

 

Leonellea Pereira nasceu em São Gabriel em 01/09/1987. É filha de João Purcino Pereira e Elizete Bispo Pereira. É graduada em Direito pela Universidade Estadual da Paraíba – UEPB (2009), onde, ao lado de muitos amigos, foi militante do Movimento Estudantil e da Extensão Universitária. É advogada inscrita na OAB/BA e servidora pública do Município de Irecê, onde passou a exercer seu ofício como advogada no Centro de Referência da Mulher Ana Joaquina de Castro Dourado em agosto de 2011, atuando ao lado dos movimentos sociais no enfrentamento e prevenção de todas as formas de violência contra as mulheres. No início de 2013, assumiu também a Coordenação de Políticas Para Mulheres do município de São Gabriel.

 

Cantorias

Fundação Culturarte de São Gabriel
Rua Cirilo Tavares Siriema, Nova Brasilia, 70, CEP 4915-000 - São Gabriel - BA / (74) 3620-2165
Desenvolvido pela Consult System